InicioSala ASala BSala CSala DSala ESala FSala GExposições temporáriasActividades Educativas

VisitaImprimir

SALA E - O PALEOLÍTICO NO QUOTIDIANO


       Os vestígios de um habitat paleolítico no vale do Côa revelam os objectos quotidianos do homem do Paleolítico, designados depois como “arte móvel”. No Fariseu, foram encontradas nas escavações mais de 60 pequenas placas de pedra decoradas com finas incisões de animais, sinais ou simples linhas. A arte móvel no Vale do Côa é praticamente exclusiva deste sítio e pertence sobretudo ao período Magdalenense, no final do Paleolítico.

No mapa da Península Ibérica Mapa estão indicados os lugares com paralelos tecno-estilísticos para as placas desta arte móvel do Vale do Côa.

Os diversos motivos das gravuras da fase antiga da Rocha 1 do Fariseu foram minuciosamente definidos a partir do estudo da estratigrafia figurativa. Pela sua inegável importância artística e arqueológica no contexto da restante Arte do Côa e dado que se encontra submerso e inacessível ao público, este painel foi replicado para exibição através de tecnologia laser.

© CÔA Todos os direitos reservados© All rights reserved