EventosImprimir

Mostrar todos

Eventos 2014 - Reabertura da Sala D do Museu do Côa

O "Santuário" Arcaico

Aproveitando a comemoração dos 20 anos da descoberta da arte do Côa, e dos 16 anos da sua classificação como Património Mundial, reabriu em Novembro de 2014 a Sala D do Museu do Côa, ultrapassados que foram os condicionalismos técnicos que levaram ao seu encerramento.

Dedicada à fase mais antiga da arte do Côa, no "santuário arcaico" constituído pelos sítios reunidos da Penascosa e Quinta da Barca, a sala procura mostrar como a paisagem foi apropriada pelas gravuras ali realizadas e dispersas ao longo dos dois sítios. As gravuras - pela sua distribuição, as maiores presenças ou ausências em determinadas localizações, rochas densamente gravadas convivendo com rochas com poucos ou um só motivo, pelas relações visuais mútuas (dentro de cada sítio e de sítio para sítio)... - criam discursos e percursos próprios, com significados e ambiências que seriam perceptíveis para os homens do Paleolítico Superior, e que, apesar do Côa separar fisicamente os dois sítios, os tornariam, na percepção do homem paleolítico, um só local, monumentalizado pela sua arte e unificado pelo Côa.

© CÔA Todos os direitos reservados© All rights reserved