GlossárioImprimir

Tétis

antigo mar mesozóico que resultou do fecho do oceano Paleotétis, aquando da formação da Pangeia. Este mar foi reduzindo o seu tamanho devido à aproximação entre os continentes africano e o euro-asiático, dando lugar ao actual Mar Mediterrâneo, que significa mar no meio da terra.

Talhe

conceito abrangente que engloba os três modos técnicos de fabrico de pedra lascada (afeiçoamento, debitagem e retoque).

 

Talhe Experimental

método de estudo das utensilagens líticas que visa reproduzir os procedimentos técnicos empregues pelo homem pré-histórico no fabrico dos seus instrumentos em pedra, entender os processos que conduzem à fragmentação das rochas, e estabelecer os critérios de reconhecimento dos métodos e das técnicas (percussão, pressão), natureza do percutor utilizado (pedra, osso, haste,...).

 

Tardiglaciar

nome atribuído à parte terminal (15.000-10.000 anos antes do presente) do derradeiro período glaciar.

Taxa da Variação da População Residente

relação entre o crescimento percentual da população residente por local de residência entre dois períodos de tempo distintos, podendo este ser negativo ou positivos. A fórmula de cálculo é “(total de indivíduos ano 1 - total de indivíduos ano 0) / total de indivíduos ano 0 * 100” e a unidade de medida é a percentagem (%).

Taxa de Actividade

taxa que permite definir o peso da população activa sobre o total da população. A fórmula de cálculo é “população activa / população residente *100” e a unidade de medida é a percentagem (%).

Taxa de Analfabetismo

taxa definida tendo como referência a idade a partir da qual um indivíduo que acompanhe o percurso normal do sistema de ensino deve saber ler e escrever. Considera-se que essa idade corresponde aos 10 anos, equivalente à conclusão do ensino básico primário. A fórmula de cálculo é “ população com 10 ou + anos que não sabe ler ou escrever / população com 10 ou + anos *100” e a unidade de medida é a percentagem (%).

Taxa de Crescimento Natural

diferença entre os nascimentos e os óbitos em relação à população média num determinado período de tempo. A fórmula de cálculo é “taxa de natalidade – taxa de mortalidade” e a unidade de medida é a permilagem (%).

Taxa de Desemprego

taxa que permite definir o peso da população desempregada sobre o total da população activa. A fórmula de cálculo é “população desempregada / população activa *100” e a unidade de medida é a percentagem (%).

Taxa de Emigração

relação entre a população emigrante permanente em relação à população residente média. A fórmula de cálculo é “ emigrantes / população residente *1000” e a unidade de medida é a permilagem (‰).

Taxa de Mortalidade

número de óbitos ocorridos durante um determinado período de tempo, normalmente um ano, referido à população média desse período. A fórmula de cálculo é “óbitos / população residente *1000” e a unidade de medida é a permilagem (‰).

Taxa de Natalidade

número de nados-vivos ocorridos durante um determinado período de tempo, normalmente um ano, referido à população média desse período. A fórmula de cálculo é “nados-vivos / população residente *1000” e a unidade de medida é a permilagem (‰).

Taxa de Variação das Famílias Clássicas

relação entre o crescimento percentual das famílias clássicas por local de residência entre dois períodos de tempo distintos, podendo este ser negativo ou positivos. A fórmula de cálculo é “(total de famílias clássicas ano 1 - total de famílias clássicas ano 0) / total de famílias clássicas ano 0 * 100” e a unidade de medida é a percentagem (%).

Taxa de Variação do Alojamento

relação entre o crescimento percentual do alojamento familiar por local de residência entre dois períodos de tempo distintos, podendo este ser negativo ou positivos. A fórmula de cálculo é “(total de alojamentos ano 1 - total de alojamentos ano 0) / total de alojamentos ano 0 *100” e a unidade de medida é a percentagem (%).

Taxa de Variação do Edificado

relação entre o crescimento percentual do edificado por área geográfica entre dois períodos de tempo distintos, podendo este ser negativo ou positivos. A formula de cálculo é “(total do edificado ano 1 - total do edificado ano 0) / total do edificado Ano 0 * 100” e a unidade de medida é a percentagem (%).

Tecno-complexo

conceito que procura ilustrar a variabilidade das respostas tecno-tipológicas susceptíveis de estar representadas, no tempo e no espaço, no seio de uma fácies cultural (indústria) supostamente una.

Tectónica

processo geológico que implica movimentação de massas rochosas com modificação e reorganização da crusta terrestre na parte afectada pelo movimento. As massas rochosas movem-se pela acção de um campo de tensões que pode culminar num episódio de colisão de placas tectónicas e criação de uma cadeia de montanhas ou, pelo contrário, num episódio de distensão que conduz à formação de um oceano.

Terras Aráveis

terras cultivadas destinadas à produção vegetal, as terras retiradas da produção, ou que sejam mantidas em boas condições agrícolas e ambientais, e as terras ocupadas por estufas ou cobertas por estruturas fixas ou móveis.

Tetrapode

vertebrado extinto que surgiu no Devónico (416-359 Ma); possuía 4 membros que permitiram a sua locomoção de ambientes aquáticos para terrestres. Era semelhante aos actuais crocodilos.

Textura

refere-se à forma, tamanho, arranjo dos minerais ou elementos constituintes de uma rocha. A textura de uma rocha pode ser avaliada macroscopicamente ou através do estudo microscópico em lâmina delgada.

Tipo

conceito que consubstancia uma população homogénea de artefactos que coincidem num conjunto determinado de atributos sistematicamente recorrentes num conjunto politético dado (é um “objecto” ideal, dotado de uma série de atributos plenamente assumidos).

Tipologia

domínio da investigação arqueológica que visa reconhecer, definir e classificar as diferentes variedades de objectos presentes numa jazida arqueológica.

Triásico (251-200 Ma)

período da Era Mesozóica, dominado pelo supercontinente Pangeia, banhado pelo oceano Pantalassa, é marcado pelo aparecimento dos primeiros dinossáurios, peixes com esqueleto ósseo e amonites. No final deste período iniciou-se a fragmentação da Pangeia, individualizando-se a Laurásia e a Gonduana, e deu-se o afastamento das várias placas tectónicas.

Trilobites

artrópodes (tal como os insectos, as aranhas e os caranguejos) marinhos que viveram exclusivamente nos mares do Paleozóico (542-251 Ma) e se conhecem apenas no registo fóssil. A maioria vivia em ambientes pouco profundos, arrastando-se pelos fundos marinhos. Na região do vale do Côa são unicamente conhecidas pelos traços deixados nos sedimentos (bilobites). 

Turismo

actividades realizadas pelos visitantes durante as suas viagens e estadas em lugares distintos do seu ambiente habitual, por um período de tempo consecutivo inferior a 12 meses, com fins de lazer, negócios ou outros motivos não relacionados com o exercício de uma actividade remunerada no local visitado.

Turismo em Espaço Rural (TER)

actividades e serviços de alojamento e actividades e serviços realizados e prestados mediante remuneração em áreas rurais (áreas com ligação tradicional e significativa à agricultura ou ambiente e paisagem de carácter vincadamente rural), segundo diversas modalidades de hospedagem, de actividades e serviços complementares de animação e diversão turística, tendo em vista a oferta de um produto turístico completo e diversificado no espaço rural.

Turista

visitante que permanece, pelo menos, uma noite num alojamento colectivo ou particular no lugar visitado.

Tyrannossaurus rex

significa “rei dos répteis tiranos”. Era um dinossáurio bípede carnívoro que viveu no final do Cretácico (99-65 Ma) e foi muito comum no território que é hoje a América do Norte. De dimensões gigantescas, tinha aproximadamente 5 m de altura, 13 m de comprimento e 6 toneladas. Quando corria podia alcançar os 48-60 km/h.

© CÔA Todos os direitos reservados© All rights reserved