GlossárioImprimir

Hábito

forma geométrica com que podem ocorrer os cristais (em agregados ou em massa, em forma colunar, em forma de agulha, em lamelas, entre outros).

Habitat

corresponde a um conjunto de condições físicas e ambientais de um determinado lugar que permite o desenvolvimento de vida, de uma determinada espécie ou de uma comunidade animal ou vegetal. Também utilizada para caracterizar um acampamento pré-histórico.

Hadeano (4 600 Ma-4 000 Ma)

significa “inferno”. Refere-se ao momento de génese do sistema solar e dos planetas, incluindo a Terra. Foi neste momento que surgiram as primeiras rochas na Terra primordial.

Hipparion

é um género extinto do cavalo do Miocénico superior e Pliocénico (11,6-2,5/1,8 Ma), semelhante aos póneis actuais, que tinha aproximadamente 1,4 m de altura. Esta espécie de cavalo tinha 3 dedos vestigiais que não tocavam no chão, para além do casco.

Holocénico (0,012 Ma-Presente)

última Época do Período Quaternário e da Era Cenozóica. Corresponde aos tempos pós-glaciários. Na passagem do Plistocénico para Holocénico, houve um desenvolvimento da civilização do Mesolítico a que se seguiram as civilizações do Neolítico, a Idade dos Metais e as sociedades actuais. Durante esta época o clima foi relativamente quente, apesar de se terem registado episódios de frio, como há 8 000 anos e na “Pequena Idade do Gelo”, entre os anos de 1300-1850.

Hominídeo

família da ordem zoológica dos Primatas, que reúne todas as formas humanas e de grandes símios, actuais ou extintas, bem como os respectivos antepassados.

Homo

género que inclui o homem actual e os seus parentes próximos com 2,5 e 1,7 Ma de existência. Todas as espécies, à excepção do Homo sapiens estão extintas. Têm um volume craniano superior a 600 cm3.

Homo erectus

primeiro representante indiscutível do género Homo, originário do continente africano, onde surge há cerca de 1,9 milhões de anos (Homo ergaster). Rapidamente terá iniciado a colonização do restante Velho Mundo, sendo a sua presença assinalada na Ásia (1,8 milhões de anos - Homo erectus stricto sensu) e depois na Europa (1,2 milhões de anos - Homo antecessor).

Homo neanderthalensis ou Homem de Neandertal

espécie fóssil do género Homo, endógena do continente europeu. Os seus mais antigos representantes surgem, sensivelmente, há 300.000 anos, num contexto evolutivo marcado por fenómenos de isolamento geográfico, condicionamento climático e endemismo populacional. Os estudos genéticos mais recentes demonstraram a sua contribuição no nosso património genético.

Homo sapiens ou Homem Anatomicamente moderno

Espécie do género Homo que reúne todas as populações humanas actuais, bem como as do passado que lhe são semelhantes. Oriundo do continente africano (190.000 anos), a sua presença na Europa faz-se sentir a partir de 40.000 anos antes do presente, partilhando então este território, durante cerca de 10.000 anos, com os últimos representantes do Homem de Neanderthal.

© CÔA Todos os direitos reservados© All rights reserved